Alterar a descrição de uma transação – para que serve?

Sabias? Podes editar o nome das transações que aparecem no teu histórico.

Vamos dar-te um exemplo prático:

Esta é a história de Charlie. Charlie costuma, todos os dias, comprar pão numa padaria chamada “Boulangerie Bio du Quai”. E, todos os dias, o Charlie paga com o telemóvel através do cartão contactless virtual Lydia. Mas no histórico de transações da tua conta, aparece a transação com o nome “Vincent Gad”

Histórico de transações de Charlie

Ao pagar com o cartão Lydia, é debitada a conta “Nós os dois”, uma conta Lydia partilhada com  o Gaspar, o seu namorado.

Sempre que Charlie abre a app Lydia, no seu histórico aparece “Boulangerie Bio du Quai” no seu histórico de transações e o Gaspar, não percebia para que o dinheiro estava a ser debitado. Assim, Charlie mudou o nome da transação para ‘Pão lá para casa’ e desta forma, o Gaspar já tem noção do que está a acontecer na sua conta partilhada – afinal o dinheiro é dois dois, certo?

Quando és o emissor de uma transferência, és tu quem define a redação.

Quando se trata de uma transação com cartão de crédito, é o comerciante onde efetuaste a transação que escolhe o nome. E pode escolher o que quiser!

No caso do Gaspar e de Charlie, a “Boulangerie Bio du Quai” optou por chamar-se “Vincent Gad” no terminal de pagamento. Por padrão, a app Lydia modificará automaticamente alguns dos rótulos:

  • Removemos todas as referências de transações que afetam a legibilidade: XXXX, números, datas inseridas em figuras, para deixar apenas informações úteis (o texto original está sempre acessível nos detalhes da transação)
  • Colocamos em letras minúsculas os rótulos escritos em letras maiúsculas, para que não tenhas a impressão que que a app está a GRITAR 

Mas, compreendemos que poderás ter a vontade de personalizar ainda mais cada transação e, por isso, tens a permissão para o fazer. Podes modificá-la como quiseres.

E na app Lydia também ficamos mais tranquilos quando percebemos que simplificamos a maneira de como duas pessoas gerem as suas despesas diárias. 

Partilhar

Também vais gostar